Este blogger é um registro, um caderno de esboços virtual .Um projeto em que pretendo organizar os meus desenhos, subdividindo em cadernos e posteriormente em livros, dos estudos que faço de forma recorrente.Alguns deles fazem parte de projetos maiores, outros, são registros dos dias, das horas, enfim de meu trabalho e por conseqüência da minha vida.Sejam bem-vindos para visitar e deixar comentários.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CADERNO HOMEM VERDE

Os Três
Técnica Mista sobre painel - 2010
0,80 x 0,80

terça-feira, 5 de outubro de 2010

CÉU E INFERNO - CADERNO DIABO

                    Céu (Vermelho) e Inferno (Azul)
                 Óleo sobre tela
                 2010

domingo, 26 de setembro de 2010

Saudades do Bráz!

Para o meu amigo Bráz Uzuelle...  ...uma saudade de doer!
Lembro de ti meu caro, tanto, tanto e sempre.Às vezes, não sei por que, dói mais a tua ausência.
Falávamos sempre de música, entre outras coisas, e Milton vez ou outra aparecia em nossos papos.
Vai prá ti, essa dele, que é linda, como a tua delicadeza de amigo, artista e gente.


sexta-feira, 18 de junho de 2010

Verde adormecido


Alexandre Gomes Vilas Boas
Estudo para coração (série) - Técnica mista sobre metal - 2004



e se for só o vômito ?
e se for só
o verde ?
o vermelho ?


e se foi o
vulcão ?
branco ?
preto ?

não foi só !

foi repleto de
dor
e verdejante campo
como um
animal

acoado
em seu canto
pronto para

o verde
sono

Alexandre Gomes Vilas Boas - Todos os direitos reservados

domingo, 4 de abril de 2010

Alegoria do Sol

Ondas
e mais
ondas
postas

em pedaços

outra
hora

a
pressão
feita
ao redor

e
longe

duradoura
dúvida

próximo

enxame
proscrito
detido

fora

no calor
assistido da alegoria
de última hora

folia
tola
e
mal dormida

e a chuva
que até então
insistia em cair
tardou

fez-se a luz
foi
o
dia



Alexandre Gomes Vilas Boas - Todos os direitos reservados

segunda-feira, 22 de março de 2010

Caminho torto

Era a
estrada
ou o
erro

o acesso
no meio da tarde

caminhando
em
tempo

solto

como a
ventania

pronto

isolado
de outras
vidas

perto

do final
do dia

tonto

sexta-feira, 19 de março de 2010

Sorriso amarelo

suportando
a dor


floresceu
em
pequenino
cacho

cravou a estaca
no
aparelho
de batidas

descompassadas

graves
vagalhões
e tristes
choros

saiu ao quintal

e em um só

sentido
o arrepio

até sorriu...



segunda-feira, 15 de março de 2010

O BUSCADOR, BRÁZ UZUELLE!

 
 
O BUSCADOR, BRÁZ UZUELLE!
In Memoriam

 
Muito em nossa vida,
acontece de forma sutil

delicada
leve

supra
sopro
prana


são pequeninos, mas, muito poderosos
sinais

a dança da vida
o sabor do café em uma tarde qualquer
um papo sempre retroalimentado

um olhar preciso e terno
o desenho da árvore

o
quanta

e quantas indagações?

micro e macro-cósmicas
feliz por descobrir
e re-descobrir

Assim é o Braz
O maior buscador que conheci

Assim é,
porque agora,
está com todos nós

de forma ainda mais poderosa
mais sutil
mais leve
e mais doce do que sempre esteve.


e ainda mesmo nesta dor
que insiste em esmagar a nossa garganta

ele ensina
de onde está,
na sua gargalhada gostosa, generosa:

a alegria de sua leveza.


Com muito amor,
meu amigo, nosso amigo, fique em paz.



Alexandre Gomes Vilas Boas
15 de março de 2009

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

SONHE!

Resume bem o que vivo/sinto, em muitos instantes de minha vida, nos últimos tempos:



Aerosmith - Dream On

Every time I look in the mirror
All these lines on my face getting clearer
The past is gone
It goes by, like dusk to dawn
Isn't that the way
Everybody's got their dues in life to pay

Yeah, I know nobody knows
where it comes and where it goes
I know it's everybody's sin
You got to lose to know how to win

Half my life
is in books' written pages
Lived and learned from fools and
from sages
You know it's true
All the things come back to you

Sing with me, sing for the year
Sing for the laughter, sing for the tears
Sing with me, if it's just for today
Maybe tomorrow, the good lord will take you away

Yeah, sing with me, sing for the year
sing for the laughter, sing for the tear
sing with me, if it's just for today
Maybe tomorrow, the good Lord will take you away

Dream On Dream On Dream On
Dream until your dreams come true
Dream On Dream On Dream On
Dream until your dream comes through
Dream On Dream On Dream On
Dream On Dream On
Dream On Dream On

Sing with me, sing for the year
sing for the laughter, sing for the tear
sing with me, if it's just for today
Maybe tomorrow, the good Lord will take you away
Sing with me, sing for the year
sing for the laughter, sing for the tear
Sing with me, if it's just for today
Maybe tomorrow, the good Lord will take you away......

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

EXPOSIÇÃO UM LIVRO SOBRE A MORTE - A BOOK ABOUT DEATH PROJECT


Com o projeto de Matthew Rose e curadoria de Ângela Ferrara, dia 03 de fevereiro acontece a inauguração da exposição "Um livro sobre a morte",no MUBE. A exposição é um projeto colaborativo que teve origem através da iniciativa   do  artista norte-americano Matthew Rose na Emily Harvey Foundation Gallery, em Nova York. A exposição original ocorreu  de 10 a 22 de setembro de 2009 reunindo   aproximadamente 500 artistas participantes. As obras foram criadas  para compor páginas de um possível livro sobre a morte.

O Coletivo 308 estará representado por mim e mais 3 de seus integrantes.Agradecemos a sua visita e aproveitamos aqui para parabenizar toda a equipe que  organiza o evento no Brasil, em especial, a curadora Ângela Ferrara.

Avenida Europa, 218 – Jardim Europa
CEP 01449 000 - São Paulo - Brasil

Abertura: 03 de fevereiro de 2010 as 19h
Período de Visitação: 04 a 29 de fevereiro de 2010 - das 10 às 19h

Angela Ferrara - São Paulo, BRAZIL
atelierferrara@gmail.com

Matthew Rose - Paris, FRANCE
matthew.rose.paris@gmail.com